Sobre_ ALI_SE
_
a árvore ao jardim
Alice Valente Alves

...

...

[...]

Uma publicação partilhada por © Alice Valente Alves (@alice.valente.alves) a

AUSÊNCIA

...

E A PRÓXIMA EDIÇÃO DO INVISÍVEL  ...





Rima ou não (2)

...

COMPETITIVIDADE

NÃO RIMA

COM SER-SE HUMANO 





Futuro e o PESADELO do sonho americano

...
Exemplo máximo do sonho americano TORNADO presidente!
 NY © Alice Valente Alves
Power Trump - NY - Trump Tower
 NY © Alice Valente Alves

 NY © Alice Valente Alves

 NY © Alice Valente Alves
NY-Manhattan - Fotografias / arquivo ©  ALICE  VALENTE  ALVES


 NY © Alice Valente Alves

Há pessoas e pessoas

...



HÁ PESSOAS QUE NÃO FAZEM FAZER 

E HÁ AS PESSOAS QUE FAZEM FAZER




Em frente

...
Não deixar por muito tempo 
O que nos alinha
As filas 

As fileiras
E no que atrás se segue
Desce-nos.



TEMPESTADES

...
Na relação humana há quem prolongue o profissionalismo aos afectos na família e na amizade. Mal está ou estará quem assim se assenta em ventos semeados de um carinho transformado em 'coisa' de uma vida sem vidas. E aos profissionais de um profissionalismo da vida por vidas sem mais futuro ou vidas, a seu tempo colherão quais proveitosas tempestades de casas caídas aos pedaços em regalos de pedras e prendas sem eira nem beira.

A ganância é comida ao acordar pelos insensíveis que julgam tudo querer. E quando querem que lhes seja dada a prova de bem fadados, nada mais resta que uma mão cheia de obediência onde se julgam não estar.

A profissão e a eficiência de se ser bem sucedido a todo o custo, não entra no âmbito da afectividade humana. Os afectos são coisas que para muitos é como um caso que está perdido. Contudo, perdidos e sem se acharem estarão esses que em tudo pegam para apontar máquinas e armas às suas vítimas e em quais desculpas arranjadas para dar continuidade a quantas e malvadas assoberbices.

Talvez a religião os salve ou quem sabe um milagre de conseguirem passar por entre as gotas da chuva de suas colhidas tempestades. 




LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Páginas